Carreiras de Atletas, assim como marcas, devem ser protegidas

April 19, 2013

"Eu tinha visões horríveis, tudo parecia muito real, via demônios pelo apartamento inteiro. Eram maiores do que eu, com dois ou três metros de altura. Isso durou um mês, sei lá, um mês e meio, eu entrei em surto psicótico pelo uso exagerado de drogas e privação de sono. Eram sensações mesmo, sensações, ver vultos ou olhar pro sofá da sala e ver o sofá num formato que tinha que ter um formato ali, alguma coisa tava sentado ali, sabe. A parte que você senta afundada, marcas no braço do sofá”.

 

Os trechos acima fazem parte do livro “Casagrande e seus Demônios”, em que o ex-jogador de futebol Casagrande conta como desceu até o fundo do poço das drogas e como voltou  para contar esta história. Hoje, Casagrande é comentarista de futebol da Rede Globo e conta com a ajuda de três psicólogas e uma psiquiatra.

 

Infelizmente esta não é uma história isolada de como acontece o final de carreira dos jogadores de futebol. Sócrates morreu em dezembro de 2011. O álcool levou o ex-jogador à morte. Muller, ex-atleta do São Paulo, em entrevista, admitiu que gastou tudo com mulheres, carros, falsos amigos, etc… Hoje, mora de favor na casa do ex-jogador Pavão. A dificuldade em administrar os recursos, segundo Zé Elias ex-jogador do Corintians, foi o que contribuiu para que a sua situação financeira se agravasse e tenha sido preso por não pagar a pensão alimentícia.

 

De acordo com a empresa de consultoria alemã Schips Finanz, cerca de 30% dos jogadores em atividade estão perto da ruína financeira e 50% deles estarão quebrados quando terminarem a carreira. Na visão de Kátia Rúbio, professora da USP, especializada em psicologia do esporte, o que falta é uma preparação para a aposentadoria. E como fazer para não “quebrar” antes? Aqui temos uma sugestão de dez leis para o sucesso que contribuirão para uma aposentadoria tranquila:

 

1.    Torne-se uma pessoa jurídica. Conduza os seus negócios através de uma empresa, assim você protege o seu patrimônio e obtém benefícios fiscais;

 

2.    Proteja o seu dinheiro e seus ativos através de veículos seguros e confiáveis. Considere planos de previdência, fundações, “trusts”, etc.;

 

3.    Contrate um “time campeão”. Os melhores advogados, contadores, gestores de investimentos e consultores devem fazer parte do seu time;

 

4.    Submeta todas as oportunidades de negócios /investimentos para o seu time pessoal;

 

5.    Esteja atento aos conflitos de interesses. Qualquer indicação de negócio, parceria, investimentos, deverá ser checada, principalmente quem está indicando com os “players” envolvidos;

 

6.    Faça sempre um acordo pré-nupcial. Segurança é sempre bem vinda nas novas relações, e o seu patrimônio deve ser preservado;

 

7.    Faça um Planejamento Sucessório, sem ele você perderá o controle do seu patrimônio e perderá dinheiro, além de não proteger seus herdeiros;

 

8.    Desenvolva a sua própria “marca”. Sua marca será como você se diferenciará dos seus competidores. Tudo que você faz cria valor para a sua marca ou destrói este valor. Nomes como Pelé, Zico, Ronaldo e mais recentemente Neymar criaram marcas.

 

9.    Dinheiro significa liberdade, não o desperdice. Antes de gastar em coisas supérfluas pense em como você “suou a camisa” para ganhar este dinheiro;

 

10. Não pense em ficar rico antes de construir um patrimônio sustentável. Quando o “cheque” parar de entrar mês a mês, você terá que viver do resultado do patrimônio que construiu ao longo da sua curta carreira.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Pensar em investimentos offshore começa com uma simples certeza; nada nas leis brasileiras proíbe que os brasileiros abram uma conta bancária no exter...

Basico Sobre Contas Offshore

August 5, 2019

1/3
Please reload

Posts Recentes

December 5, 2017

Please reload

Arquivo
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • LinkedIn Social Icon